TRAGÉDIA EM FAMÍLIA – Soldado do Corpo de Bombeiros do Tocantins morre após ser vítima de agressão; filho de 17 anos é um dos suspeitos

Corpo de Bombeiros do TocantinsMorreu por volta das 5 horas desta madrugada, no hospital da Unimed, em Gurupi, o soldado do Corpo de Bombeiros Osvaldo Alves Lemos, de 40 anos. De acordo com informações da polícia local, no início da noite de sábado, 5, ele foi agredido pelo filho de 17 anos e por outros dois menores com paus, pedras e chutes, na frente de sua casa.

Dois dos adolescentes acusados de agressão, entre eles o filho do soldado, foram apreendidos pela polícia – o outro não foi localizado.

Colegas de trabalho do soldado disseram ao Patrulhaweb que o filho de Lemos sofria com problemas relacionados às drogas. Eles disseram ainda que, no sábado, após uma discussão por causa desse motivo, o adolescente e outros dois rapazes começaram a agredir o soldado.

Ferido, Lemos foi internado no sábado e morreu nesta madrugada, na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital da cidade.

Em comunicado enviado por sua assessoria de imprensa, o comando da corporação afirmou lamentar profundamente a morte do soldado. Ainda conforme a nota, o corpo será velado em sua residência, a partir das 12 horas, na Rua 15, entre as avenidas Bahia e Amapá, em Gurupi e o sepultamento está previsto para esta terça-feira, 8, no Cemitério Novo.

“Soldado Lemos ingressou no Corpo de Bombeiros na primeira turma de soldados, em 1993, e atuou no município de Gurupi praticamente durante toda a carreira militar. Para o comandante da 4ª Companhia, tenente Carlos Alberto Rodrigues Costa, a Corporação perdeu um excelente profissional e os colegas sentirão a falta de um “grande companheiro e amigo”. Soldado Lemos tinha 40 anos e deixa viúva e dois filhos”. Fonte: Portal CT.

Um comentário

  1. Bianca ''sobrinha''

    Para mim ele só deixou 1 filho,pois uma pessoa capaz de tirar a vida um pai pode ser considerado filho?nunca!Ele era meu ti,faz muita falta para nós,nossa familia consternada segue sem ele,por causa desse bandidos!

Comente

O seu e-mail não será publicado Os Campos obrigatórios estão marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Site protegido contra Spam

Subir